Skip to content

Dieta normocalórica e dieta hipercalórica

13 novembro 2017

Ao receber alta hospitalar, grande parte dos familiares de pacientes que vão para casa utilizando dieta enteral fica com dúvidas de qual dieta seria adequada para o caso.

Normalmente, no momento da alta, o nutricionista e/ou o médico realizam uma prescrição com algumas características da dieta indicada.

Para ser definida qual a melhor fórmula para uso do paciente, é realizada na internação uma avaliação nutricional que vai definir a necessidade diária do paciente de calorias, proteínas e alguma outra necessidade em particular.

Abaixo segue exemplo das dietas mais prescritas no dia a dia:

Especificações da dieta normocalórica e da dieta hipercalórica 

  • Dieta normocalórica

É uma dieta com densidade calórica de 1.0 a 1.2Kcal/ml. Isso significa que, para a densidade de 1.0Kcal/ml, o litro possui 1000Kcal e, para a dieta com densidade calórica de 1.2Kcal/ml, o litro possui 1200Kcal.

Geralmente essa dieta é prescrita para um paciente que precisa da manutenção no seu estado nutricional, não precisando adquirir peso, e sim o manter equilibrado.

  • Dieta hipercalórica

É uma dieta com densidade calórica de 1.5 a 2.0Kcal/ml. Isso significa que, para a densidade calórica de 1.5Kcal/ml, o litro possui 1500Kcal e, para a dieta com densidade calórica de 2.0Kcal/ml, o litro possui 2000Kcal.

Esse tipo de dieta é prescrito quando os pacientes tiverem uma perda de peso e de massa magra importante e, por isso, necessita de uma quantidade maior de energia e proteína para uma recuperação de peso mais rápida.

A dieta hipercalórica também pode ser utilizada em casos aos quais o paciente não tolera um volume de líquidos muito grande, afinal, em uma quantidade menor da dieta, conseguimos ofertar um valor calórico melhor.

A quantidade de dieta a ser utilizada por dia vai depender da necessidade calórica do paciente, que é definida através de uma avaliação nutricional, como foi citado anteriormente.

Como exemplo, podemos citar um paciente que necessita de 1800Kcal por dia.

  • Se ele for utilizar a dieta com 1.2Kcal/ml, será necessário o volume diário de 1500ml da dieta.
  • Se ele for utilizar a dieta com 1.5Kcal/ml, será necessário o volume diário de 1200ml da dieta.

É importante sempre seguir a orientação de um profissional nutricionista para que a evolução nutricional do paciente seja satisfatória.

Na residência, é interessante que, pelo menos mensalmente, um nutricionista realize a avaliação nutricional para acompanhar a evolução do paciente e realizar alterações de dieta ou de volume quando necessário.

Publicado por: Nova Nutrii | www.nutrii.com.br


Leia também